Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/11/21 às 16h34 - Atualizado em 22/11/21 às 17h31

Egov realiza formatura de 57 servidores nos cursos de Libras

 
O secretário de Economia, André Clemente, o secretário da Pessoa com Deficiência, Flávio Santos, e a secretária-executiva da Sequali, Adriana Faria, prestigiaram a formatura dos cursistas das turmas de Libras na Egov.
 

 
Com muita alegria e orgulho, a Escola de Governo do Distrito Federal (Egov) realizou, com o auditório lotado, mais uma formatura do curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), no segundo semestre de 2021. Ao todo, 57 alunos se formaram nas três turmas do módulo básico I e do módulo básico II.
 
Com o objetivo de atender à Lei nº 10.436, que entrou em vigor em 2002 e reconheceu a Libras como meio legal de comunicação e de expressão dos Surdos, a Egov, desde 2017, oferta o curso de Libras.
 

 
O secretário de Economia, André Clemente, o secretário da Pessoa com Deficiência, Flávio Santos, a secretária-executiva de Valorização e Qualidade de Vida, Adriana Faria, a diretora-executiva da Egov, Juliana Tolentino, e a chefe do Departamento de Desenvolvimento e Formação da Egov, Fabíola Salomon, fizeram questão de prestigiar os novos formados e participaram da abertura da cerimônia.
 

 
“Este é um governo que pensa no ser humano e nas suas necessidades. Vocês estão permitindo a comunicação e a inclusão. Parabenizo todos vocês”, destacou o secretário de Economia, André Clemente, durante a solenidade.
 

 
O secretário da Pessoa com Deficiência, Flávio Santos, reconheceu o esforço do secretário de Economia em viabilizar muitas pautas em benefício das pessoas com deficiência. “Nossa palavra hoje é gratidão. Vocês são servidores que estão fazendo a diferença na vida das pessoas”, afirmou o secretário.
 

 

“Comunicação é o que temos de mais precioso. Este curso valoriza a comunicação e representa dignidade. Aqui cumprimos um papel de inclusão, cidadania e respeito”, reconheceu a secretária-executiva da Sequali, Adriana Faria.
 

 
“Esta é uma temática prioritária na Egov, que sempre teve um olhar especial de inclusão, para atender cada vez melhor à nossa população”, acrescentou a diretora-Executiva da Egov, Juliana Tolentino.

 

O curso tem o objetivo de operacionalizar o uso da Língua Brasileira de Sinais no atendimento ao cidadão Surdo e deficiente auditivo. De acordo com a instrutora, Lira Matos Martins, da Secretaria de Educação, a Egov está cumprindo com excelência o que determina a legislação.
 

 
“A Egov cumpre esse papel, respeitando o direito do cidadão Surdo, promovendo essa formação continuada para os servidores do GDF se aprofundarem nessa língua e conseguirem se comunicar diretamente em Libras com o cidadão Surdo que procura os órgãos públicos. A Egov está de parabéns, porque está fazendo um trabalho muito bem feito e promovendo cidadania, acessibilidade e inclusão”, celebrou a instrutora.
 

 
A assistente social Karen Silva Mota, da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), informou que resolveu fazer o curso para ampliar a acessibilidade no seu trabalho. “A minha capacitação vai contribuir para a acessibilidade, pois o cidadão Surdo ao chegar no meu local de trabalho, que é o Cras, será acolhido, assim como as suas demandas, de forma integral, garantindo a acessibilidade”, explicou a servidora.
 

 
O servidor Maurício Júnior Franco de Sousa, da Secretaria de Saúde, destacou que ficou muito satisfeito com o curso e com a metodologia da capacitação. “É um curso muito importante, e eu achei ele muito didático. Ele é necessário para a nossa ação e atuação no trabalho diário da secretaria. Eu espero contribuir com a comunicação da população Surda que é de extrema importância para a nossa sociedade”, declarou o servidor.

 

A chefe do DEDF da Egov, Fabíola Salomon, que também foi uma das servidoras que concluíram a capacitação, destacou que a Escola, além de cumprir a sua missão de formação e capacitação, promove, com a inserção do curso de Libras em sua grade, ações de inclusão e de acessibilidade.
 

 
“A Egov tem a nobre missão de capacitar o servidor para que a entrega à comunidade seja feita com excelência. O curso de Libras é um curso muito importante, e a Egov reconhece isso, porque ele traz à luz um tema necessário, que é a inclusão. O nosso foco com esse curso é incluir as pessoas Surdas e com deficiência auditiva para que tenham atendimento efetivo de qualidade dentro da Administração”, finalizou Salomon.

 

Por Fabrícia Neves

Escola de Governo - Governo do Distrito Federal

EGOV

SGO Qd.01 Lote 01 Bloco A/B - Brasília/DF - CEP: 70610-610